Construtivo

Leica e Construtivo ampliam a mobilidade e a jornada digital dos canteiros de obras

Leica e Construtivo ampliam a mobilidade e a jornada digital dos canteiros de obras

Estação robótica utilizada para medição topográfica é substituída por dispositivo do tamanho de um smartphone que captura imagens 3D com precisão e de forma simplificada para evitar problemas nas obras ou confirmar o planejamento ao longo da construção

Abril de 2019 – Pioneira em tecnologias de medição topográfica, a Leica Geosystems dá mais um passo no fornecimento de ferramentas digitais utilizadas no levantamento de informações dos canteiros de obras. O processo de captura de imagens tridimensionais que era realizado com uma estação robótica passa a ser feito em tempo real, com precisão e de forma simplificada, por meio de um dispositivo móvel do tamanho de um smartphone.

A nova solução, que é distribuída oficialmente pelo Construtivo, companhia de Tecnologia da Informação com DNA em engenharia, parceira da Leica na América Latina, amplia a jornada de transformação digital nos canteiros de obra, corroborando com o processo de Modelagem da Informação da Construção (BIM, do inglês Building Information Model). O modelo está sendo lançado durante a Feicon, maior evento dedicado à construção civil no País, que acontece de 9 a 12 de abril em São Paulo.

O novo laser scanner Leica BLK3D permite que as equipes de campo, sejam os profissionais da construção, assim como das áreas mecânica, elétrica e de hidráulica, passem a participar ativamente do processo BIM para evitar problemas nas obras ou simplesmente para confirmar o planejamento desenvolvido obtendo as posições exatas de paredes, colunas e instalação de equipamentos.

“Os recursos de computação do Leica BLK3D eliminam a necessidade de conexões de rede e serviços em nuvem, garantindo que os profissionais tomem decisões mais rápidas em seus fluxos de trabalho diários. Por sua mobilidade, é possível medir locais inacessíveis e capturar imagens em momentos críticos da obra. Além disso, a aplicação permite criar plantas baixas, estimar instalações de edifícios, documentando o progresso do canteiro de obras, ou criar documentações que asseguram o progresso da construção com várias imagens ao longo do tempo”, acrescenta Rubens Manfra, diretor geral Leica Geosystems do Brasil.

Além destes recursos, um dos diferenciais do software é a possibilidade de enviar, via Wi-Fi, as imagens 3D capturadas pelo BLK3D de volta ao escritório, onde podem ser abertas e editadas com o software BLK3D Desktop.

“O laser scanner Leica BLK3D é utilizado para digitalizar e realizar o levantamento do canteiro de obras, tudo para criar uma rede acurada de posicionamento em consonância com o modelo BIM de trabalho, que gera  conformidade nos dados e, desta forma, impossibilita erros no processo inicial das obras”, finaliza Marcus Granadeiro, CEO do Construtivo.