Construtivo

logo

Entenda o papel da TI na construção civil

Entenda o papel da TI na construção civil

Compreender o papel da TI na construção civil se tornou uma necessidade para engenheiros, arquitetos e demais profissionais do segmento. Afinal, cada vez mais a tecnologia está inserida nos processos construtivos. É importante ressaltar que, conforme a internet 5G for se disseminando pelas cidades brasileiras, os recursos digitais ficarão ainda mais evidentes nos campos de obras, já que assim será mais fácil ter uma boa conectividade – até mesmo em áreas mais remotas.

Em meio a esse cenário de expansão dos recursos tecnológicos, é importante se informar e se atualizar sobre o papel da TI na construção civil para acompanhar a evolução do mercado.

Portanto, preparamos este conteúdo para que você tenha mais informações relevantes sobre o tema.

Continue com a gente!

Como aplicar a TI na construção civil?

A construção civil é uma área em que há uma busca constante por produtividade e eficiência nas operações. É aí que a TI pode ajudar de forma significativa. Os recursos de tecnologia da informação possibilitam a criação e o uso de softwares de gestão de obras, por exemplo. Dessa forma, os gestores podem acompanhar o andamento das atividades, realizar orçamentos, fazer a gestão de compras e muito mais!

Tudo funciona de forma prática e rápida, com dados gerados em tempo real, o que possibilita engenheiros, arquitetos e gestores a terem bons resultados em suas atividades.

Porém, para aplicar a TI na construção civil, é importante que as construtoras busquem parceiros qualificados. É necessário firmar parcerias com desenvolvedores de softwares que realmente entendam sobre o campo da construção civil para que as necessidades da sua equipe sejam atendidas.

Quais são as vantagens da TI na construção civil?

O uso dos recursos de TI na construção civil proporciona muitas vantagens para os negócios da área. Veja alguns dos principais a seguir.

Acompanhe!

Eficiência na gestão de projetos

Os recursos de TI permitem que o gestor de projetos tenha total controle sobre as atividades de uma obra, desde os primeiros esboços da planta até a entrega para o cliente.

Tudo pode ser acompanhado por meio dos softwares de gestão, que possibilitam o controle de estoque, registros de horas trabalhadas pelos profissionais, despesas com materiais, pagamentos de fornecedores etc.

Em suma, atividades que levam horas para serem realizadas manualmente podem ser resolvidas em poucos minutos caso o gestor utilize boas ferramentas tecnológicas. Dessa forma, se garante uma maior eficiência na gestão de projetos e melhores resultados para os clientes.

Agilidade nas obras

A automatização de certas atividades proporciona uma agilidade que gera impacto direto na produtividade e eficiência no campo de obras. Como haverá um bom controle de estoque, por exemplo, a obra não correrá o risco de ser parada por falta de materiais de construção.

Basicamente, as obras serão realizadas mais rapidamente e poderão ser entregues com maior agilidade para os clientes. Assim, a construtora poderá assumir mais projetos lucrar mais, sem perder em qualidade nas operações.

Melhora na comunicação entre os profissionais

Com boas ferramentas tecnológicas, os profissionais envolvidos nas obras terão uma melhor comunicação entre si. Como tudo fica registrado, evita-se o retrabalho ou a chance de esquecer de atualizar algum colega sobre determinada atividade, por exemplo.

Além disso, os gestores, assim como os engenheiros e os arquitetos terão acesso às mesmas informações, o que dá agilidade à comunicação e reduz a necessidade de reuniões longas.

Monitoramento de dados em tempo real

Quando falamos sobre uso da TI na construção civil, não podemos deixar de citar o monitoramento de dados em tempo real.

Por exemplo, com a metodologia BIM e o auxílio de plataformas de gestão, os profissionais podem acessar as informações de qualquer lugar, e não apenas de seus escritórios ou canteiro de obras. Isso, graças às tecnologias de computação em nuvem.

O papel da TI é fazer com que os gestores tenham as obras, literalmente, na palma da mão. Com a chegada do 5G, isso ficará ainda mais evidente.

Principais maneiras de inserir a TI na construção civil

Inserir a TI na construção civil pode ser feito de várias formas. Veja agora algumas delas!

Sistemas de gestão

Os sistemas de gestão são a principal forma de inserir a TI na construção civil. Com esses programas, os gestores conseguem realizar praticamente todas as atividades administrativas online e acompanhar os dados em tempo real.

Além disso, eles garantem que toda a equipe esteja alinhada com as atividades que precisam ser realizadas.

Armazenamento de dados em nuvem

A computação em nuvem é uma grande aliada dos profissionais da construção civil. Afinal, por meio desse tipo de recurso, grande parte das tarefas pode ser feita, ou ao menos consultada, de qualquer lugar.

Praticamente todos os sistemas de gestão contemporâneos são armazenados em nuvem, dando mais liberdade de uso aos profissionais.

BIM

A metodologia Building Information Management (BIM) projeta representações digitais das obras e visa melhorar as atividades e a comunicação dos profissionais. Câmeras de varredura, nuvem de pontos, entre outros recursos são acoplados ao BIM para que a gestão de projetos seja muito mais eficiente.

O papel da TI na construção civil está cada vez mais presente e solidificado. Por isso, é importante que você conheça as novas tecnologias e as coloque em prática para desenvolver projetos cada vez mais eficientes.

Continue aprendendo com a gente e descubra agora mesmo quais são as principais tecnologias para gestão de obras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.