Construtivo

logo

Descubra quais as são principais tecnologias para gestão de obras

Descubra quais as são principais tecnologias para gestão de obras

O uso de tecnologias para gestão de obras é uma forte tendência dentro do mercado da construção civil, inclusive apontada pelo levantamento do Sebrae sobre o setor. As diversas opções tornam mais simples organizar orçamentos, gerir materiais e planejar obras.

Em um mercado cada vez mais competitivo, oferecer resultados com custos menores é imprescindível. E é exatamente nesse ponto que a tecnologia pode ajudar.

Ainda não consegue enxergar o valor dessas novidades? Então, siga conosco para entender melhor!

Qual a importância das tecnologias para a gestão de obras?

As tecnologias para gestão de obras têm um impacto crucial no setor da engenharia civil. Afinal, elas conseguem oferecer duas vantagens significativas: aumento de produtividade e lucro, pontos essenciais para quem deseja crescer no mercado.

Se você não usa nenhuma tecnologia para gerir seus empreendimentos, está ficando para trás. Afinal, certamente está com uma produtividade menor que a de seus concorrentes e não está explorando totalmente sua capacidade de lucrar.

Venha entender um pouco mais sobre o mundo das tecnologias para a gestão de obras!

Quais são as principais vantagens em ter tecnologias para a gestão de obras?

Gerir uma operação é algo extremamente complexo e requer habilidades multidisciplinares. Afinal, é preciso lidar com uma série de variáveis, como recursos financeiros, humanos, materiais, além do tempo — algo bem escasso atualmente. Isso aumenta ainda mais a pressão sobre as construtoras, que precisam entregar as obras em prazos cada vez menores.

Uma forma de transformar e lidar adequadamente com todas essas variáveis é usar a tecnologia a seu favor.

Confira as vantagens que essas inovações podem trazer!

Ganho de produtividade

A produtividade está ligada à capacidade de entregar o que fora acordado dentro do prazo sem comprometer a qualidade do resultado. É a arte de fazer todas as engrenagens se encaixarem e entregar o trabalho sem um erro sequer.

Para cumprir esse objetivo, muitas variáveis devem ser geridas, como prevenção de erros, redução dos desperdícios, otimização do financeiro, gerenciamento das equipes, entre outros.

Com a ajuda da tecnologia, todas elas podem ser mais bem administradas.

Melhora na gestão do empreendimento

A tecnologia na gestão de obras confere vantagens como: controle de tudo o que entra e sai da construção, análise mais precisa da evolução do processo, melhor gestão do seu orçamento, controle da documentação (especialmente contratos), gerenciamento do risco do empreendimento e assim por diante.

Automação dos processos

A automação permite otimizar a execução de processos sem gerar custos desnecessários. Além de um melhor desempenho, ainda é possível evitar erros humanos e atrasos – os principais comprometedores da qualidade e a pontualidade da entrega.

Redução de erros

Os erros são muito comuns nos empreendimentos da construção civil  e acontecem por uma série de fatores. A gestão ineficiente é o principal motivo.

Com a utilização de tecnologias para gestão de obras, é possível gerir melhor seu canteiro desde a fase de projeto até a entrega. A automatização de processos e a possibilidade de um controle preciso de diversas variáveis contribuem para a redução significativa dos erros.

Execução mais fiel aos projetos

A tecnologia para o gerenciamento de obras ajuda no cumprimento do cronograma, assegura a entrega dos materiais no tempo certo e até contrata e gerencia a mão de obra. Esses pontos influenciam totalmente na execução do projeto.

Além disso, a possibilidade de acompanhar tudo isso por meio de dispositivos móveis (celular ou tablet) torna mais fácil acompanhar e seguir projetos diretamente do canteiro de obras, reduzindo a chance de perda de informações.

Melhora na qualidade dos empreendimentos

Com um gerenciamento eficaz, é possível padronizar os processos de construção. Isso reduz as não conformidades com o projeto e planejamento e acaba refletindo na qualidade geral da obra.

É possível visualizar facilmente essas não conformidades, acompanhar índices e assegurar que todos os elementos construtivos terão a qualidade esperada. Esses fatores tornam mais simples para a construtora obter certificados de qualidade, como ISO 9001, PBQ-h, entre outros.

Quais são as principais tecnologias para gestão de obras?

Talvez agora você já esteja convencido de que as tecnologias para gestão de obras são essenciais, não é mesmo?

Veja agora a seleção que fizemos e descubra as novidades do setor!

Software de Gestão de Obras

Essa é uma das tecnologias para gestão de obras e trata-se de um programa que ajuda a controlar diversos pontos que influenciam a construção.

As melhores opções contam com funcionalidades como:

  • apontamento: estima o andamento e o impacto das atividades construtivas executadas;
  • controle dos insumos e equipamentos: controla a chegada, o estoque e utilização dos insumos no canteiro de obras com relatórios que apontam dados sobre usos, extravios e a situação real deles;
  • orçamento e cronograma de obras: elabora propostas comerciais, faz orçamentos de obras e precificação, organiza os orçamentos e a listagem de materiais (com curva ABC) etc.;
  • gestão de compras: compara os preços de diferentes fornecedores com ordens de compras integradas com o financeiro;
  • gestão financeira e do fluxo de caixa: controla o fluxo de caixa, orçamento da obra, entre outros pontos;
  • gestão e acompanhamento da obra: acompanha o andamento dos custos orçados em relação ao que já foi feito na obra e analisa a evolução levando em consideração diversos critérios (como materiais, mão de obra, equipamentos e outras despesas).

Assim é mais fácil antever e controlar gastos, gerenciar o cronograma de obras e materiais, melhorar a comunicação entre as equipes e gestão do tempo e documentação, assim como evitar erros e assegurar a qualidade da obra.

Building Information Modeling (BIM)

O BIM é uma tendência forte no setor da construção civil já que ajuda a aperfeiçoar o processo construtivo.

Basicamente, com essa metodologia, profissionais de diferentes áreas podem adicionar e editar informações, simulando a construção antes de colocar o projeto em prática.

A previsibilidade evita erros de integração e perda de recursos.

Gestão de documentos

A gestão de documentos é um ponto essencial em qualquer obra. Hoje, existem softwares específicos voltados para o setor de construção. Com eles, é possível digitalizar os documentos mais importantes, garantindo maior agilidade na hora de verificar a conformidade, notificar e compilar informações para relatórios, entre outras demandas.

Conclusão

Você acabou de ver que as tecnologias para a gestão de obras são essenciais. Com elas, fica mais fácil acompanhar a evolução dos empreendimentos, gerenciar o setor financeiro, os recursos e a conformidade da construção com o projeto.

Assim, é possível reduzir os erros, melhorar o consumo dos materiais e assegurar obras entregues no tempo planejado e dentro dos padrões de qualidade estipulados. Isso tudo sem estourar o orçamento previsto, mantendo a lucratividade da empresa.

Existem diversos tipos de tecnologias para gestão de obras, mas o destaque fica para os softwares de gestão, que integram diferentes recursos e trazem mais praticidade no gerenciamento profissional dessas operações. Inclusive melhoram a análise de dados e a tomada de decisão.

Agora que você já sabe tudo sobre tecnologias para gestão de obras, clique aqui e conheça as melhores tecnologias integradas do Construtivo!

Você não vai se arrepender!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.