Construtivo

logo

Como potencializar o BIM com a digitalização dos processos

 

O BIM (Building Information Modeling) vai muito além da modelagem da construção a partir do 3D. Para aproveitar ao máximo essa prática e tornar o processo, de fato, eficiente, é preciso ir além do modelo e incorporar procedimentos como a compra de materiais, o diário de obra, os relatórios de qualidade e o planejamento.

Ao disponibilizar toda essa informação multidisciplinar digitalizada e integrada ao modelo, o planejamento se torna mais efetivo e as atividades podem ser acompanhadas com eficiência e segurança.

No mesmo ambiente BIM, todos os envolvidos, desde engenheiros e arquitetos até responsáveis pelo planejamento e pela compra de materiais, podem interagir, inserindo dados de suas especialidades em tempo real. Este é o conceito do ambiente de dados comum, ou CDE (Common Data Environment).

Com os processos digitalizados também é eliminada a necessidade de redundância no registro das informações, pois os dados coletados em obra atualizam o planejamento e enriquecem o modelo para ser usado na fase de operação. As evidências de execução são coletadas com maior segurança e conformidade, sem precisar de tratamento em escritório para a produção de relatórios e o acompanhamento. A supervisão e gerenciamento ficam mais baratos e eficientes, enquanto o risco do empreendimento é substancialmente reduzido.

Ou seja, o BIM não se refere apenas a dados com dimensões de paredes e localização de canos hidráulicos, mas também todo o conjunto de suprimentos, mão de obra, compras, cronogramas e custos, entre outros elementos. Digitalizar todo o ciclo de vida de um projeto garante uma obra com informações integradas, agilidade, desempenho e, o mais importante, sem riscos.

Dica do Fabiano

 

Como potencializar o uso do Power BI integrado ao Colaborativo

 

Há um recurso muito útil em todas as pastas do Colaborativo, que é o Relatório de Arquivos. Mais do que um simples relatório, trata-se de um processo dinâmico que permite realizar a exportação dos metadados e até mesmo fazer o download dos arquivos por meio de sua interface.

O relatório é acessado utilizando o botão “Relatórios” logo abaixo do nome da pasta.

Para cada uma das colunas é possível ordenar a ordem de exibição.

E, ao clicar no nome da coluna, uma caixa de diálogo é aberta para selecionar o que pretende filtrar. 

Como resultado, além de exibir os itens, é possível exportar os metadados e realizar o download dos arquivos.